Homem filmado agredindo cadela com chutes e socos é indiciado por maus-tratos

O homem filmado agredindo uma cadela da raça pit bull com socos e chutes foi indiciado por maus-tratos a animais, em Goiânia. Em depoimento à polícia, ele reconheceu que errou ao bater no cão após ter fugido.

O vídeo feito por testemunhas dos maus-tratos mostra quando o rapaz, que ainda não teve a identidade divulgada pela polícia, desce do carro, segura a cadela pelo pescoço e dá vários socos e pontapés (veja vídeo abaixo). Em seguida, arrasta o animal até a porta do passageiro.

“Ele estava se formando em direito no dia, chegou atrasado em casa, viu que o animal tinha fugido e teve que correr atrás da cadela, acabou exagerando e batendo nela. Então, ele sabe que errou”, disse o delegado Luziano Carvalho.

A pena para o crime é de até um ano, além de multa que pode chegar a 370 salários mínimos. O processo foi encaminhado para o Poder Judiciário na segunda-feira (26).

g1/goias