Cadela faz companhia a elefante no momento de sua morte

Pancake  é uma adorável cachorrinha que vive há três anos em um santuário de elefantes na Tailândia. Ela foi encontrada perdida na praia e resgatada pela fundadora e CEO do Elephant Sanctuary de  Boon Lott (BLES), Katherine Connnor. Apesar de Pancake não ser um elefante, ela gosta da paz e tranquilidade do santuário, o que é uma sensação em comum entre os animais salvos pela BLES.

Há alguns anos, Pancake demonstrou ter muita importância para os animais que vivem no santuário, e criou laços com um amigo especial: um elefante chamado Boon Thong.

Boon Thong, que tinha 60 anos, viveu os últimos cinco anos de sua vida no santuário depois de ser salvo de um campo de equitação, onde era forçado a passear com turistas por quase 30 anos de sua vida. Essa crueldade levou o elefante Boon Thang a ter problemas na coluna e quando chegou ao santuário estava exausto.

Mas logo, Boon Thong aprendeu o quão diferente era o santuário da vida que conhecia, e ele finalmente conseguiu ser livre, aprender seus gostos e fazer tudo o que sempre quis fazer, viveu momentos de felicidade e foi muito amado até que chegou o dia de sua morte.

Quando Pancake percebeu que seu amigo não estava se sentindo bem, ela correu para lhe fazer companhia e, junto com Connor, sentaram-se com Boon Thong durante nove horas, enquanto ele dava seus últimos respiros.

“Pancake, com aquele belo coração,  não abandonou Boon Thong uma  única vez”, escreveu BLES no Facebook . “Ela sabia que ela era necessária, para oferecer apoio e ela silenciosamente se deitou ao lado de Boon Thong, até o pôr do sol – até o sopro final”.

Esse ato de amizade e a sensibilidade dessa cachorrinha, com certeza fizeram os últimos momentos do elefante especiais. O Corpo de Boon Thong foi enterrado no Santuário cercado de flores e frutas para que ele sempre se lembre dos amigos e das pessoas que o amavam.

ANDA